OUTROS DESTAQUES
Operadores não querem detalhar planilhas de custos à Anatel
quarta-feira, 26 de maio de 1999 , 22h03 | POR REDAÇÃO

A Anatel começou a receber das operadoras de TV a cabo o material pedido para que a agência pudesse averiguar se os aumentos de preço foram ou não abusivos. A iniciativa da Anatel partiu da reclamação direta de consumidores descontentes com os reajustes ocorridos no mês passado. Segundo a agência, por enquanto estão sendo encaminhados apenas relatórios financeiros nos quais as operadoras buscam provar que o principal fator que pressionou os reajustes foi o endividamento em dólar. Os operadores de TV a cabo disseram à agência que consideram uma interferência indevida o pedido das planilhas completas de custo. O argumento das operadoras para não enviar todas as informações pedidas pela agência é que os números, além de protegidos por cláusulas de sigilo com fornecedores, também precisariam antes ser levados ao conhecimento do mercado investidor, já que há ADRs, ações, títulos de dívida e outros papéis lançados no Brasil e no exterior. Também consideram que a TV por assinatura, por ser um serviço prestado em regime de exploração privado, não precisa ficar sujeito ao controle de preços do governo. Por enquanto, a Anatel tem considerado satisfatórias as informações fornecidas pelas operações. Resta saber se estas informações serão também suficientes para que ela responda às queixas dos usuários. Ainda não há prazo para o término das análises.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top