Satélites
26/05/2015, 22:06

Telesat arremata duas posições orbitais por R$ 89,3 milhões

POR LÚCIA BERBERT

A canadense Telesat pagou R$ 89,3 milhões pelas duas opções de direito de exploração de satélite brasileiro no leilão desta terça-feira, 26. A primeira posição saiu por R$ 42,5 milhões, com ágio de 56,86% em relação ao preço mínimo do edital de R$ 27 milhões, sem disputa. A segunda posição saiu por R$ 46,8 milhões, com ágio de 72,86%, após disputa com a Eutelsat, que chegou a oferecer R$ 44,6 milhões. A empresa escolheu a localização de 63ºW, com banda Ka, para os dois satélites.

A Telesat já tem um satélite em posição brasileira, também na localização de 63ºW, o que permitirá a coordenação dos artefatos. A empresa informou que outros três satélites em posições de outros países atendem o Brasil. O grupo adquiriu uma das primeiras posições do país, leiloada pela Anatel ainda no final da década de 90.

As demais concorrentes apresentaram propostas para a primeira posição de R$ 39 milhões, pela empresa árabe Star Satellite Communications Company; de R$ 35 milhões da francesa Eutelsat; e R$ 28,5 milhões da espanhola Hispamar, que foi desclassificada.

Na segunda posição, os lances apresentados foram de R$ 35 milhões, que subiu depois para R$ 44,6 milhões; de R$ 35 milhões pela Star Satellite Communications Company; e de R$ 29,8 milhões pela Hispamar.

O pagamento do direito de exploração será feito em parcelas, sendo 10% no ato da assinatura da autorização e os 90% restantes em seis parcelas anuais, com correção pelo IGP-DI e juro e 1% ao ano. Essas condições podem levar a empresa a optar pelo pagamento à vista, na avaliação da Anatel.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top