OUTROS DESTAQUES
Repique estréia na TV paga com sucesso
terça-feira, 26 de outubro de 1999 , 20h36 | POR REDAÇÃO

Apesar do sistema de repique já estar previsto desde as primeiras licitações deste ano, esta foi a primeira vez que foi efetivamente utilizado para que as empresas pudessem alterar suas propostas de preço. Havia possibilidade de repique (propostas com menos de 10% de diferença na pontuação ponderada) em 18 das 37 localidades para as quais havia proponentes. Em duas localidades (Caucaia/SP e Governador Valadares/MG) o repique não ocorreu porque quem poderia fazer uma proposta superior não estava presente na sessão. Ocorreram repiques nas localidades de Cianorte/PR, onde a TV Jacarandá (TVA/Canbrás) cobriu a proposta da Brisacom, que não replicou; em Gaspar, a BTV cobriu a proposta da Multitel, que saiu da disputa; em Cotia, a Walberg cobriu a proposta da Bytelecom, que também não continuou na disputa; em São José dos Pinhais, a Walberg novamente saiu vencedora sobre Bytelecom; em Uberaba, a TV Braz ofereceu R$ 1,5 milhão, cobrindo as propostas das outras cinco concorrentes, que não repicaram; em Vila Velha, a ESC 90, depois de três repiques, levou a melhor contra a RCA Company; e, finalmente, em São Luiz, uma disputa acirrada com oito repiques entre a Telecomunicações Nordeste, a vencedora, e a M.O.R. elevou o valor da outorga para R$ 5,571 milhões de reais, contra um preço mínimo de R$ 1,7 milhão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top