OUTROS DESTAQUES
Reestruturação
Lei limita grau de governança da Globo Cabo, diz BNDES
quarta-feira, 27 de março de 2002 , 18h27 | POR SAMUEL POSSEBON

Pelas negociações entre os acionistas da Globo Cabo para a capitalização da operadora, o grau de abertura a ser dado entre as medidas de governança corportiva envolveriam a classificação da empresa dentro das regras do "novo mercado" da Bovespa. Isso só não acontece, explica o diretor de mercado de capitais e novos produtos do BNDES, Eduardo Bunker Gentil, porque este nível de governança implicaria a conversão de todas as ações da operadora em ordinárias. Como hoje cerca de 30% do capital da Globo Cabo está em ADRs, que são negociadas no exterior, seria impossível garantir os limites de controle impostos pela Lei de TV a Cabo (51% do controle em mãos de brasileiros). Por conta desta limitação, a Globo Cabo optou por alterar seu status de governança corporativa para o "nível 2", com alguns features de "novo mercado", como o tag-along de 100%.
O novo acordo de acionistas da Globo Cabo deve sair dentro de um mês e depende, basicamente, de alguns detalhes sobre o papel de cada sócio. Também depende de a Anatel certificar o cumprimento de metas da Telemar, para que o BNDES (acionista da tele) possa ter lugar no conselho da Globo Cabo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top