OUTROS DESTAQUES
Reestruturação
Programação da Globo Cabo passará por sócio financeiro
quarta-feira, 27 de março de 2002 , 18h25 | POR SAMUEL POSSEBON

O novo acordo de acionista que está sendo preparado para a Globo Cabo trará uma importante novidade: todas as decisões críticas da empresa, sobretudo as decisões que se referem a partes relacionadas, como programação, deverão passar pela aprovação ou do BNDES ou da Bradespar (ou de algum outro sócio financeiro que a operadora venha a ter). A decisão foi tomada para garantir aos acionistas minoritários que mesmo acordo entre partes relacionadas serão positivos do ponto de vista financeiro. No caso das decisões sobre programação, a Globo deve continuar participando das decisões por ser o sócio estratégico com experiência no assunto, mas nunca poderá impor sua programação à Globo Cabo sem a avaliação financeira do BNDES ou do Bradesco.
No quesito programação, a Globo Cabo renegociou recentemente seu contrato com os canais Telecine. Pelos termos do acordo, a operadora adiantou um pagamento de R$ 17 milhões no quarto trimestre e garantiu vantagens que devem gerar economias de até R$ 104 milhões nos próximos anos. Por este acordo, cabe à Globo Cabo exigir ou não a exclusividade do canal, segundo informações de mercado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top