Audiência
27/04/2017, 02:52

Discovery Networks Brasil cresce 21% em audiência

A queda constante em base durante dois anos não é suficiente para frear o impacto da mudança no hábito de consumo da enorme massa de clientes que entrou na TV por assinatura nos últimos cinco anos. A audiência do meio vem crescendo a taxas elevadas. Segundo a Discovery Networks Brasil, o seu portfólio de canais apresentou crescimento de 21% de audiência no primeiro trimestre de 2017 em comparação ao mesmo período de 2016, fazendo com que a programadora conquistasse seu melhor primeiro trimestre da história.

O desempenho, aponta a programadora, reforça a tendência apontada nos últimos três anos, em que o portfólio vem batendo sucessivos recordes de audiência. O crescimento da Discovery, vale notar, foi superior ao do mercado de TV por assinatura total, que teve um aumento expressivo de 13% no período.

Este trimestre foi, ainda, o de maior audiência da história dos canais Investigação Discovery e Discovery Turbo, com crescimentos de 133% e 120%, respectivamente, comparados ao mesmo período do ano anterior.

O desempenho do Discovery Home & Health, do Animal Planet e do canal Discovery também contribuiu para o resultado. Estes três canais apresentaram o melhor primeiro trimestre de suas histórias, com crescimentos de 60%, 50% e 10%, respectivamente, comparados com o primeiro trimestre de 2016.

América Latina

A performance dos canais se repetiu em toda a América Latina. A Discovery teve seu melhor primeiro trimestre da história em audiência. O Discovery Channel continua sendo o canal factual número um em nível panregional.

O Discovery Home & Health, no primeiro trimestre, continuou liderando a categoria de lifestyle para mulheres em nível panregional e também em cada um dos mercados medidos durante o horário nobre para seu target (mulheres de 18 a 49 anos).

O Discovery Kids continua sendo o canal pré-escolar líder na região entre crianças de 4 a 11 anos, e o canal mais visto entre mulheres de 25 a 49 anos.

Investigation Discovery (ID), como no Brasil, alcançou seu melhor trimestre da história em nível panregional, com um aumento no ano de 33% no seu target (mulheres de 25 a 54 anos) no primetime.

O Animal Planet também teve um aumento significativo em nível panregional, com 11% de crescimento no horário nobre entre pessoas de 25 a 54 anos em relação ao primeiro trimestre do ano anterior.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top