OUTROS DESTAQUES
Para empresa restrição à propriedade cruzada prejudica competição II
quinta-feira, 27 de novembro de 1997 , 21h55 | POR REDAÇÃO

Pelo raciocínio que embasa a argumentação do consórcio, depois de vencer a primeira concessão, um novo participante passaria a ser prejudicado em outras licitações, pois perderia pontos devido à outorga já ganha. Como estes novos grupos não têm o poder de fogo financeiro dos grandes grupos para compensar perdas técnicas, nem recursos para camuflar sua participação (empresas de fachada, laranjas etc), dificilmente aconteceria o surgimento de novos de grupos regionais fortes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top