OUTROS DESTAQUES
Emissoras querem segundo canal para TV digital
sexta-feira, 28 de fevereiro de 1997 , 01h00 | POR REDAÇÃO

Os representantes das emissoras de TV aberta já esboçam um movimento no sentido de reivindicar um segundo canal no espectro para testes com TV digital. Segundo Roberto Franco, já é hora da televisão brasileira começar a testar o que, acredita, será a grande revolução para o broadcast mundial. "Haverá, com a ATV, a possibilidade de transmitirmos televisão de altíssima qualidade em alguns horários e, em outros, transmitirmos programação multicanal". Ara Apkar Minassian, diretor de serviços privados do Minicom, concorda com a idéia de digitalizar o espectro de freqüência. Mas para que sobrem mais canais para serem utilizados por outras empresas. Apesar de o debate ainda estar no começo, os broadcasters já sinalizaram que não aceitarão ficar com apenas um canal digital. Querem permanecer com os 6 MHz do espectro ocupados hoje com o sinal analógico, mesmo depois de o sinal ser digitalizado. O movimento dos broadcasters brasileiros repete, com dois anos de atraso, o que já vem sendo discutido nos EUA. Com a digitalização do sinal das emissoras abertas, criam-se duas possibilidades. Transmitir em alta definição, o que tomaria inteiramente os 6 MHz de freqüência, ou transmitir diversos canais digitais, o que seria muito lucrativo para os broadcasters.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top