OUTROS DESTAQUES
Operação
Canbrás diz que ainda não encontrou comprador
segunda-feira, 28 de abril de 2003 , 21h51 | POR REDAÇÃO

A Canbrás divulgou nesta segunda, 28, seu balanço referente ao primeiro trimestre de 2003. O principal ponto do balanço da operadora são os comentários em relação à sua reestruturação de dívida e à sua negociação com possíveis compradores.
Em relação à dívida, a Canbrás ainda é bastante cuidadosa em relação aos riscos de um default ainda nas primeiras semanas de maio por conta de vencimentos de US$ 9,25 milhões, os quais a empresa, especialmente a Canbrás/TVA, diz não ter condições de pagar sem um refinanciamento. As conversas com os credores, diz a Canbrás, avançaram nestes primeiros três meses, mas o risco de não pagamento ainda existe.
Em relação à venda de seus ativos, a Canbrás diz que houve uma série de propostas mas que ainda não existe nenhuma que tenha sido considerada pelo board da empresa satisfatória até esse momento.
A operadora teve receita de aproximadamente R$ 31 milhões no primeiro trimestre do ano. Em moeda estrangeira, a receita caiu 21,5% em relação aomesmo período do ano passado. O EBITDA no trimestre foi de R$ 7 milhões e os ganhos líquidos chegaram a quase R$ 1 milhão.
Em termos de base de assinantes, a Canbrás teve uma leve retração no primeiro trimestre, fechando com 191,23 mil assinantes, contra 191,44 mil no trimestre anterior. Dos clientes registrados em 31 de março, 72 mil assinavam o pacote mais caro.
Os clientes de Internet cresceram de 12,9 mil no último trimestre de 2002 para 13,3 mil no primeiro trimestre deste ano. A receita média por assinante de TV paga ficou em R$ 52,36 e a receita média do assinante de Internet ficou em R$ 64,39.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top