OUTROS DESTAQUES
Política
Anatel se prepara para definir o próximo serviço universal
terça-feira, 28 de maio de 2002 , 22h23 | POR CARLOS EDUARDO ZANATTA

Em 2005 estará concluído o processo de universalização da telefonia fixa no Brasil. E até lá a Anatel planeja ter um novo serviço cuja universalização será proposta pelo governo. Provavelmente, este serviço será o acesso digital em alta velocidade. Segundo o conselheiro da Anatel Luiz Tito Cerasoli, em entrevista ao PAY-TV News, a agência prepara a contratação de uma consultoria que definirá exatamente qual será o serviço a ser universalizado, quais serão as formas de impor a universalização e quais as metas a serem atingidas, nos mesmos moldes do que aconteceu com a telefonia fixa. "As concessionárias deste novo serviço podem ser as mesmas que prestam o STFC. Mas algum tipo de imposição será feito". Cerasoli diz que a concessão do novo serviço universal poderá ser negociada com as teles na renovação dos contratos, ou mesmo licitado para novos operadores. Mas por que seria necessário forçar a universalização das redes de acesso digitais? Segundo Cerasoli, em outros países isso pode até não ser necessário porque a população tem condições de pagar pelo serviço. No Brasil, o Estado pode ajudar a garantir esse acesso, diz o conselheiro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top