OUTROS DESTAQUES
Estratégia
Mudanças na Globo podem começar pela Sky
quarta-feira, 28 de maio de 2003 , 20h30 | POR REDAÇÃO

Alguns analistas que acompanham a movimentação da Globo no seu processo de reestruturação chamam a atenção para um fato importante: em agosto o grupo deveria voltar a aportar recursos na Sky, de acordo com o acordo fechado com a News Corp. no ano passado. A Globo ainda não disse claramente quais são suas ações estratégicas para se recuperar financeiramente, mas estes analistas apostam que voltar a investir na Sky (ou na TV paga como um todo) certamente não é uma delas. Tudo indica que a Globo vá se deixar diluir ainda mais na operadora de DTH. Recentemente, os números da News mostravam que o grupo de Rupert Murdoch já se aproximava de ter 50% da operação. Pelo ritmo de diluição da Globo mostrado nos últimos balanços da News, em julho o grupo de mídia internacional deve ter mais de 51% da operadora.
Entretanto, deixar-se diluir não será um problema grave para a Globo, já que há garantias contratuais de que o conteúdo Globosat continuará na operação. O que ainda não está claro é até que ponto a News está disposta a assumir pedaços maiores da empresa.

Proposta

Segundo relato feito pela publicação International Financing Review, voltada a analistas de investimento, a proposta da Globopar feita no final de abril a seus credores prevê apenas o alongamento dos prazos de pagamento da dívida de cerca de US$ 1,8 bilhão e uma carência de dois anos para o início dos pagamentos. Para alguns credores, há ainda propostas de descontos na dívida. De acordo com os relatos ouvidos por este noticiário, a Globopar não apresentou planos de reestruturação interna, cortes de custo ou vendas de participações.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top