OUTROS DESTAQUES
Barreto fala sobre agência do cinema e audiovisual IV
terça-feira, 28 de agosto de 2001 , 22h13 | POR REDAÇÃO

Segundo Luiz Carlos Barreto, não existe decisão sobre o percentual da receita bruta das empresas de televisão que deverá ser investido em produção de cinema nacional. O que existe é uma decisão, que foi aceita pelas emissoras de televisão, segundo Barreto, para fazer uma correção de rumo na relação entre a TV e o cinema. Como forma de mostrar que os interesses das emissoras de televisão estão garantidos no projeto, Barreto disse que há no Gedic uma pessoa convidada pelo presidente da República, que é do setor de televisão, "apesar de não ser representante de nenhuma corporação", ressalta. Trata-se de Evandro Guimarães, vice-presidente de relações institucionais da Rede Globo. Segundo Barreto, a decisão sobre os percentuais que a radiodifusão destinará ao cinema será tomada mais tarde, pelo conselho ou pela Ancinav.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top