Home video
28/08/2008, 17:15

Venda de DVDs para locação cai; distribuidoras apostam no Blu-ray

POR DANIELE FREDERICO

A União Brasileira de Vídeo lança até novembro o projeto "Vídeo Legal", para beneficiar as locadoras que atuam de maneira lícita e incentivar a locação de vídeos. O projeto foi apresentado pela diretora executiva da UBV, Tânia Lima, durante o encontro de distribuidores de home vídeo que aconteceu nesta quinta-feira, 28, em São Paulo. Esse projeto é uma das iniciativas da UBV e das distribuidoras para incentivar a locação, já que o mercado de aluguel passa por sérios problemas no Brasil. Segundo levantamento da UBV, em 2007, foram vendidas um pouco mais de 6 milhões de unidades de DVD para locação, o que significa uma queda de 28,1% nas vendas. "São mais de 2 milhões de unidades que deixaram de ser vendidas em relação a 2006", aponta Tânia. Para 2008 a expectativa não é das mais otimistas. Somente no primeiro semestre, foram vendidas um milhão de unidades a menos que o mesmo período em 2007.
A causa dessa queda é atribuída, em grande parte à pirataria. Por isso, além das ações de conscientização e parceria com governo, a UBV prepara esse programa com as locadoras, que hoje são cerca de 8 mil. Esse projeto terá o cadastro de locadoras que trabalham de forma lícita, com promoções das distribuidoras, capacitação, e vales-locação, a serem distribuídos entre o público para que visitem essas locadoras.

Otimismo no sell-through

Ao contrário das vendas para locação, as vendas diretas de DVD têm apresentado números mais otimistas. Segundo Cleyton Oliveira, gerente de varejo da Warner Home Video, o mercado teve, no primeiro semestre de 2008, um aumento de 16% nas vendas de unidades de DVD no sell-through em relação ao mesmo período de 2007. Em valores, o aumento foi de 4%. O destaque ficou para as séries de TV, que tiveram um aumento de 44% nas unidades e 18% no valor.
No caso dos filmes, o destaque é para o catálogo, responsável por 71% das vendas, enquanto os programas de TV tem 15,5%.
A aposta das distribuidoras é o Blu-ray, que além de ser mais difícil de ser copiado, tem mais capacidade de armazenamento e permite maior interatividade. "Acredito que de três a cinco anos estaremos com a maioria dos títulos sendo lançados simultaneamente em Blu-ray e no formato atual", diz Paulo Antônio Valente, diretor superintendente da Universal Pictures Brasil.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top