OUTROS DESTAQUES
Brasil não é mais problema para fusão Sky/DirecTV
quarta-feira, 29 de agosto de 2001 , 22h27 | POR REDAÇÃO

Os detalhes mais importantes da fusão entre Sky e DirecTV estão, segundo fontes bem informadas, acertados. Se não houver uma reviravolta por parte da GM, controladora da Hughes Electronics, dona da DirecTV, a fusão será anunciada até o final do ano. O que está acertado é que a Globo deve manter a gestão das duas empresas após a fusão, mas perderá percentual na nova empresa para a América Latina. Haverá, contudo, um longo período de transição para evitar problemas contratuais e no Cade. Esse período será superior a cinco anos e servirá para a unificação de tecnologias e line-ups. No México a negociação com os sócios locais da Sky (Televisa) ainda é mais complicada.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top