OUTROS DESTAQUES
Agência quer interferir nas relações de programação
quarta-feira, 29 de setembro de 1999 , 21h37 | POR REDAÇÃO

O superintendente de comunicação de massas da Anatel, Jarbas Valente, apresentou alguns pontos do futuro regulamento nesta quarta, dia 29, aos operadores que foram a Brasília para a discussão dos indicadores que a Anatel pretende solicitar ao mercado. O novo documento deverá adaptar todos os serviços não apenas à nomenclatura da Lei Geral de Telecomunicações, mas também incluir um capítulo que cuide do relacionamento entre as operadoras e as programadoras para evitar os problemas que hoje, na visão da Anatel, existem nessa área. "Queremos que o assinante possa escolher livremente os seus canais, sem ter que se submeter a pacotes. As programadoras não poderão impor seus critérios às operadoras", explicou o superintendente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top