Internacional
29/10/2015, 22:01

TV paga ensaia recuperação nos EUA no terceiro trimestre

Após uma sequência de trimestres desanimadores, o setor de TV paga dos Estados Unidos respirou aliviado após a divulgação dos resultados financeiros e operacionais das suas principais empresas para o terceiro trimestre deste ano.

Apesar de algumas delas ainda apresentarem perdas no número total de assinantes, algo comum no período, os resultados foram melhores que os registrados nos anos anteriores.

Nos últimos trimestres, o crescimento acelerado de plataformas OTT no país resultou em perda de assinantes para o setor, em um fenômeno que ficou conhecido como cord-cutting. Após perda de 625 mil assinantes no segundo trimestre deste ano, o temor era que isso se revelasse uma tendência irreversível.

Resultados

A Verizon teve o melhor resultado operacional do trimestre, com 42 mil novos assinantes no seu serviço de vídeo. Em seguida aparecem DirecTV (26 mil) e Charter (12 mil).

Até mesmo as empresas que perderam assinantes tiveram motivos para comemorar. A Comcast, por exemplo, registrou perda de 48 mil assinantes, melhor resultado para um terceiro trimestre nos últimos seis anos. Já a Time Warner Cable registrou nesta quinta o melhor resultado desde 2006, com perda de 7 mil assinantes. A AT&T, que recentemente adquiriu a DirecTV, registrou a maior perda de assinantes (92 mil).

No total, as principais empresas apresentaram, até o momento, perda de 67 mil assinantes. O mercado ainda aguarda o anúncio da Dish Network para consolidar os valores.

Comentários

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

© 0-2017 Save Produções Editoriais. Todos os direitos reservados.
Top