OUTROS DESTAQUES
Conceito de home networking ganha força III
quinta-feira, 30 de novembro de 2000 , 19h46 | POR REDAÇÃO

O desafio da instalação da rede caseira é implantar a conectividade sem deixar a qualidade de serviço cair, a preços populares e que gerem receita. Trott, da Pace, explica que ainda é fundamental que não se estiquem mais cabos na casa do cliente, ou seja, é preciso fazer o home networking com o que já está instalado nas residências. Nesse ponto, a rede de cabo leva desvantagem. Segundo Shalvi, da Texas, a qualidade de serviço do cabo cai à medida que novos computadores se penduram na rede. "O cabo precisa de altas taxas de transmissão para manter a qualidade." A rede elétrica, por permitir o ingresso de uma quantidade alta de ruído, e a rede telefônica, por exigir a instalação de mais metros de fios, também foram descartadas por Shalvi. Sobra, na visão da Texas Instruments, a rede wireless como a mais cotada para comandar o home networking. Trott, da Pace, acrescenta: "as tecnologias wireless são mais apropriadas por tudo que descrevemos e estão mais próximas de serem interoperáveis."

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top