OUTROS DESTAQUES
Opportunity garante que avaliação seria justa
quarta-feira, 01 de agosto de 2001 , 22h18 | POR REDAÇÃO

Luiz Octávio da Motta Veiga, que é um dos interlocutores do Opportunity para a questão, não acredita que a avaliação possa estipular um preço errado. "Qualquer banco, ao fazer a avaliação de um negócio, tem a obrigação de checar as informações que lhe são enviadas", afirmou Motta Veiga. Sobre o curto prazo estipulado para que a TIW responda à nova proposta do Opportunity, ele disse: "a TIW está quebrada. Por que precisa de mais tempo para pensar?". O prazo de dez dias terminava nesta terça, 27, mas foi estendido para até a próxima sexta, 3. A fonte das fundações lembra que para a TIW vender sua participação precisa antes da aprovação dos fundos de pensão. Caso contrário, haverá novos desdobramentos na Justiça, pois TIW e fundações têm um acordo formalizando uma espécie de aliança na Telpart: todos os passos devem ser dados em comum acordo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top