OUTROS DESTAQUES
Questões comerciais também pesarão
quarta-feira, 01 de agosto de 2001 , 22h18 | POR REDAÇÃO

Uma vez superadas as questões regulatórias, restam ainda as questões comerciais e estratégicas. À exceção das operadoras celulares da TIM (TIM Nordeste, TIM Sul e Maxitel), que por razões óbvias já anunciaram a intenção de optar pela adoção da camada em GSM, as empresas usuárias do TDMA não se manifestaram se penderão para o GSM ou para o CDMA ou, ainda, se deixarão suas redes como estão, sem investimentos em qualquer solução evolutiva. Entre os fornecedores, ninguém se arrisca a dar prognósticos. Deverá ter de tudo um pouco, dizem. Entrarão em jogo, por fim, a relação de interesses entre as operadoras (se elas concorrem ou não na mesma área) e as vantagens financeiras para a realização de acordos de roaming. Como se vê, com tantas variáveis, o roaming em GSM será uma equação de difícil resolução.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top