OUTROS DESTAQUES
Balanço
BrT ainda terá crescimento na rede, diz banco estrangeiro
quinta-feira, 01 de agosto de 2002 , 20h26 | POR REDAÇÃO

A Brasil Telecom Participações (BRP), segundo análise de um banco estrangeiro com base nas prévias de resultado do segundo trimestre, deve continuar trabalhando na expansão de linhas. É o contrário do que ocorre com a Telefônica, que registrou a desconexão de 104 mil linhas no mesmo período. A recomendação do banco é de manutenção das ações da holding. Entretanto, o banco rebaixou o valor alvo da ADR da BRP de US$ 38 para US$ 36. O motivo é a previsão de redução do EBTIDA em 4% (ou R$ 3 bilhões) para este ano e 2% para 2003. A margem EBTIDA, de 43% registrada no período, está bem abaixo da obtida pela Telefônica (51%). A receita líquida para o segundo trimestre é estimada em R$ 1,6 bilhão (2% superior ao primeiro trimestre deste ano). O banco avalia ainda que a receita gerada por dados, especificamente pela expansão de mais 35 mil acessos ADSL, será substancial em 2002. A BrT encerrou o segundo trimestre com 102 mil acessos de alta velocidade.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top