OUTROS DESTAQUES
Futurecom 2007
Telefônica intensifica oferta de TV paga
segunda-feira, 01 de outubro de 2007 , 19h56 | POR HELTON POSSETI, DE FLORIANÓPOLIS

Depois de iniciar a oferta de TV por assinatura sem estardalhaço, a Telefônica começa a investir pesado em publicidade a partir do fechamento do acordo para incluir no line-up da oferta via satélite os canais da Globosat. Na fase de lançamento, a campanha que inclui TV e revistas semanais, vai ficar entre R$ 6 milhões e R$ 8 milhões. O presidente da Telefônica, Antônio Carlos Valente, no entanto, nega que a empresa tenha retardado o investimento publicitário em função do atraso na negociação dos canais Globosat. ?Isso não é uma resposta a nada. Se dependesse da nossa vontade esse acordo não teria demorado tanto. Entendo que agora temos capacidade técnica e comercial de oferecer o serviço com qualidade e com amplitude?, diz ele. Os canais da Globosat entram nesta segunda-feira, 1, na oferta de TV via satélite.
A empresa anunciou que para o ano que vem pretende incluir na sua oferta canais em alta definição (HDTV), serviço de Personal Video Recorder (PVR) e pay per view, ?inclusive do campeonato brasileiro?, destacou Valente, lembrando-se que os direitos do Campeonato Brasileiro fazem parte do pacote Globosat. Para tanto, a Telefônica precisará de maior capacidade satelital, o que também deve ser negociada junto a Hispamar no ano que vem.
?Vamos falar bem claro. O sinal da TV Globo precisa de muita capacidade satelital porque precisa ser distribuído praça por praça?, diz ele. Valente se refere à cláusula contratual que exige da Telefônica a levar o sinal da afiliada local da TV Globo em cada região de sua área de cobertura. Ou seja: cada região recebe todo o seu conteúdo local, como os jornais regionais.

Pacotes

Durante o período promocional de três meses, o assinante contrata o pacote de entrada (24 canais) da Telefônica TV Digital, mas leva todos os canais. Ao final do período, ele agrega ao pacote de acesso aquele que mais lhe interessar, entre 5 opções: Infantil, Mundo, Variedades, Conhecimento e Esportes. Além desses, a empresa oferece os pacotes Premium Cinemax, HBO, HBO Max. O pacote de acesso custa R$ 79,90. Ao acrescentar um pacote temático o cliente paga mais R$ 12; mais R$ 20 por dois pacotes temáticos, e R$ 30 por cinco pacotes. O primeiro pacote Premium (Cinemax) também pode ser acrescentado por R$ 12. Pelo Cinemax e HBO, o cliente paga mais R$ 22; com o HBO Max mais R$ 30. Por R$ 84,80, a Telefônica oferece o pacote de entrada de TV, mais o ?fale à vontade? que são 2 mil minutos de ligações locais. Não está incluída a assinatura básica .

Parcerias

Hoje o serviço de TV via DTH da própria Telefônica tem um pouco menos de 10 mil assinantes. Já a oferta via parceria com a DTHi já soma mais de 100 mil. Na verdade, o número de agosto girava em torno de 140 mil. Valente voltou a afirmar que a empresa ainda não tomou nenhuma decisão sobre a DTHi. No contrato de parceria, há a opção de compra. ?Estamos analisando as várias opções?, afirmou. Sobre a aquisição da TVA, Valente disse que já encaminhou à Anatel a nova proposta de acordo de acionistas para os ativos de cabo em São Paulo, atendendo a recomendação da agência. A Anatel ainda não se manifestou sobre a nova proposta.

Campanha

O filme publicitário da nova campanha da Telefônica para seu serviço de TV paga foi produzido pela Conspiração Filmes, e a produção demandou mais de 100 figurantes e R$ 800 mil. ?Queremos marcar o lançamento com um filme diferenciado?, afirma Luiz Carlos Pimentel, diretor de publicidade e gestão de negócios da Telefônica. Os executivos foram ouvidos nesta segunda-feira, 1, em Florianópolis onde acontece a partir desta terça-feira, 2, a Futurecom 2007.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top