OUTROS DESTAQUES
Mesmo com Sprint, operadora poderá iniciar atividades
quarta-feira, 01 de dezembro de 1999 , 21h52 | POR REDAÇÃO

Segundo Guerreiro, não há nada que impeça a Intelig de iniciar suas atividades ainda com a Sprint como sócia. "Para que a situação seja legalizada, estamos estudando as mudanças necessárias na composição da espelho. Daremos, então, um prazo para que o controle seja alterado. Este prazo será curto: de alguns dias a alguns poucos meses, dependendo da profundidade da mudança, mas nada como os 18 meses dados à Telefônica para sair da CRT", completou o presidente da Anatel. O precedente mais próximo para a mudança de controle é o caso da Algar Telecom, que teve de deixar sua participação no controle da Tess – banda B do interior e litoral de São Paulo – em poucos meses. Segundo Guerreiro, a agência fiscalizará a atuação da Embratel e da Intelig e, em caso de constatação de cartelização ou "conchavo" entre elas, haverá a cassação da concessão de ambas.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top