OUTROS DESTAQUES
Política
Paulo Bernardo deixa o ministério e destaca agenda intensa do sucessor
sexta-feira, 02 de janeiro de 2015 , 16h58 | POR SAMUEL POSSEBON

Paulo Bernardo se despediu do ministério das Comunicações destacando que o novo ministro, Ricardo Berzoini, terá uma agenda cheia pela frente, "tão intensa quanto a que tivemos em 2011". Ele ressaltou que assuntos como governança da Internet, a regulamentação do Marco Civil, a "renovação do modelo econômico das indústrias de mídia e sua regulamentação", a revisão quinquenal dos contratos de telefonia fixa e o programa Banda Larga para Todos devem estar no topo da pauta. Segundo apurou este noticiário, o Banda Larga para Todos deve, inclusive, ser apresentado como parte da nova versão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a ser anunciado ainda este mês.
Bernardo fez um balanço de sua gestão e destacou o crescimento do mercado de banda larga, o programa Cidades Digitais, a realização dos leilões de espectro pela Anatel e o trabalho de digitalização dos processos internos do Ministério das Comunicações que, segundo ele, pode ser inteiramente concluído ainda em 2015. Ele também destacou a transição da TV analógica para a TV digital em 2018, o projeto do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicação a ser lançado em 2016 e o Regulamento de Direitos do Consumidor elaborado pela Anatel, além das medidas de desoneração de redes e dispositivos como tablets e smartphones estabelecidas em sua gestão como ministro. Como metas, lembrou das obrigações de cobertura rural que devem ser atendidas este ano e a cobertura com 4G nas cidades com mais de 30 mil habitantes até 2017.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top