OUTROS DESTAQUES
Baixa rentabilidade é fenômeno mundial no setor, afirma ministro
quinta-feira, 02 de maio de 2002 , 22h33 | POR REDAÇÃO

Numa crítica implícita às declarações de Luiz Schymura na sabatina realizada no Senado, o ministro Juarez Quadros lembrou que a maioria das empresas brasileiras fez altos investimentos para antecipar as metas de universalização, e que estes investimentos não vão se repetir nos próximos anos: "ao final de 2001, a rentabilidade patrimonial dessas empresas foi levemente superior a 2%, enquanto nos Estados Unidos foi em torno de 4%, destacando que amortização de ágio, provisões e depreciação de ativos abatem o resultado, reduzindo o lucro. Afora estas circunstâncias, a rentabilidade poderia ter sido melhor. Sem falar dos reajustes tarifários aplicados, que não foram desprezíveis, e da boa gestão profissional dessas empresas", disse Quadros.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top