OUTROS DESTAQUES
Quadros rebate críticas mas admite flexibilidade dentro da lei
quinta-feira, 02 de maio de 2002 , 22h33 | POR REDAÇÃO

No discurso que fez ao dar posse aos novos conselheiros da Anatel, o ministro das comunicações, Juarez Quadros, rebateu críticas que vêm sendo feitas ao modelo de telecomunicações brasileiro: "o setor de telecomunicações não vive crise sistêmica", disse Quadros com base em dados da universalização e da competição no País. Ele abriu, no entanto, a possibilidade de que "alguns pontos da modelagem original" possam ser readequados, "desde que não caracterizem ilegalidades, que não firam as regras dos editais e sejam efetuados de forma bem estruturada, precedida de ampla discussão e recebidos com naturalidade e vigilância por parte da Anatel". Para o ministro, a agência deverá estar atenta "à possibilidade de flexibilização e da regulamentação em vigor, tornando o modelo mais coerente com o momento atual, sem, contudo, deixar de atender aos princípios fundamentais da Lei Geral de Telecomunicações".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top