OUTROS DESTAQUES
Balanço
Receita da Verizon cresce com divisão wireless
terça-feira, 02 de maio de 2006 , 18h29 | POR REDAÇÃO

Assim como aconteceu com a AT&T, a norte-americana Verizon Communications também teve seus resultados do primeiro trimestre alavancados pela receita da divisão wireless. No segmento de telefonia fixa, a companhia busca caminhos para competir mais agressivamente com as operadoras de cabo oferecendo o serviço FiOS (fiber-to-the-home) para sete Estados.
A Verizon alcançou receita de US$ 22,74 bilhões no primeiro trimestre comparado a US$ 18,18 bilhões no mesmo período de 2005. Mas os lucros caíram para US$ 1,63 bilhão comparado a US$ 1,76 bilhão no ano passado, decréscimo atribuído à compra da MCI, completada em janeiro deste ano. Neste primeiro trimestre obteve 1,7 milhão de novos assinantes, 2,9% a mais que no mesmo período do ano passado,alcançando 53 milhões de usuários.
Grande parte do crescimento da Verizon vem da divisão Verizon Wireless, que também pertence à européia Vodafone. A receita nessa divisão cresceu 18,8% para US$ 8,8 bilhões, incluindo US$ 872 milhões ou 11,5% em serviços de dados como mensagens de texto e acesso móvel à internet. O churn da companhia também caiu para 1,18%, a margem Ebitda alcançou 44,5% e o Arpu cresceu 79% no período.

Serviço FiOS

A empresa conta com a rede FiOS, que passa por 3,6 milhões de residências em 15 Estados (mas só está disponível em sete Estados, por enquanto), competindo diretamente com as operadoras de TV a cabo. A oferta une TV, rede de alta velocidade e serviços de telefone, e a meta é alcançar 30% da base atual de assinantes em cinco anos.
Nesta semana, a Verizon anunciou mais velocidade na banda larga, passando para 10 Mbps e 20 Mbps em três Estados (Nova York, Nova Jersey e Connecticut), sem aumentar a tarifa para os atuais usuários (de 5 Mbps e 10 Mbps).

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top