OUTROS DESTAQUES
Competição
Sercomtel vai manter-se restrita à área 43
segunda-feira, 02 de setembro de 2002 , 18h07 | POR REDAÇÃO

A Sercomtel, que opera os serviços de telefonia fixa e celular e que é controlada pela Prefeitura de Londrina (PR), deve oferecer o Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) a curto prazo apenas em sua área de numeração, 43, segundo afirmação do presidente Francisco Roberto Pereira. A empresa foi a última concessionária a obter, na semana passada, do conselho da Anatel a aprovação de autorizações de STFC local, para toda a área 43 (antes só tinha licença para operar nos municípios de Londrina e Itamarana) e de longa distância nacional e internacional a partir destas localidades. Não há planos por enquanto de buscar outros mercados, diz Pereira.
A área 43, pelo Plano Geral de Códigos Nacionais, reúne 97 municípios do Estado do Paraná. ?A ampliação dentro da nossa área de atuação deve começar em 30 dias, quando vamos definir as localidades. Temos direito de operar 97 áreas mas vamos escolher algumas cidades em que podemos otimizar a operação. O nosso foco é ser uma operadora regional. Não é ir para São Paulo, por exemplo?, afirma Pereira.

Autorização formal

O presidente da operadora diz que a autorização formal da Anatel para a Sercomtel operar outros serviços deve ser publicada no Diário Oficial da União até a próxima sexta-feira, 6. A operadora espera concluir os acordos de interconexão com as demais operadoras locais e de longa distância até o próximo dia 20 de setembro.
A Sercomtel, segundo o presidente da operadora, terá que queimar as etapas passo-a-passo por causa da escassez de recursos. ?Como somos pequenos e não temos financiamento, teremos de trabalhar definindo a otimização de nossos recursos e equipamentos?, diz Pereira.
A proposta de privatizar a Sercomtel Celular foi objeto de plebiscito popular em agosto do ano passado mas não obteve a aprovação da população. Assim, tanto a Sercomtel fixa quanto a Sercomtel Celular continuam dependendo de recursos da Prefeitura de Londrina e de sua própria geração de receita. De acordo com o presidente, a Sercomtel tem mais de 90% de aprovação dos assinantes e o atendimento personalizado. É uma prática comum o próprio presidente e o prefeito de Londrina, Nelson Micheleti, atenderem diretamente demandas dos usuários. Isso deve continuar sendo uma das marcas da menor operadora brasileira, afirma o presidente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top