OUTROS DESTAQUES
Convergência
Oi e Claro buscam produtores audiovisuais com "pitching" e festival
terça-feira, 02 de setembro de 2008 , 20h09 | POR REDAÇÃO

As operadoras de telecomunicações estão, definitivamente, entrando na seara da produção audiovisual.
A Oi, por exemplo, lançou nesta quarta, 3, um edital chamando produtores para um "pitching" de conteúdo convergente entre plataformas. Pitching é um processo de seleção bastante conhecido no meio audiovisual no qual os interessados têm, geralmente, entre cinco e dez minutos para defender seus projetos ao promotor/contratante.
No caso da Oi, produtoras brasileiras poderão participar do processo de seleção enviando suas criações que possam ser distribuídas por internet, telefone móvel e TV. Os melhores projetos serão adquiridos pela companhia e distribuídos no Mundo Oi (portal de internet), Canal Oi (canal de TV transmitido pela Oi TV em Belo Horizonte e pela Internet) e Oi móvel.
A empresa diz que não quer adaptações, mas criações que envolvam, desde a sua concepção, diferentes mídias. Cada produtora poderá enviar quantos projetos quiser.
Além dos três formatos, os conteúdos dos projetos deverão abordar música, comportamento e entretenimento e ter foco no público entre 18 e 25 anos.
As produtoras interessadas poderão se inscrever e enviar seus projetos até o dia 17 deste mês. A divulgação dos projetos selecionados está prevista para o dia 1º de outubro.
As informações sobre o edital estão disponíveis no site: www.oi.com.br/multiplataforma

Curtas

O outro exemplo vem da Claro, que também promove um concurso voltado ao audiovisual. Nesta terça, 2, a operadora abriu as inscrições para o Festival Claro Curtas. O festival é voltado a "todos os interessados em criar um curta-metragem original", que devem enviar filmes de 30 a 90 segundos para avaliação de um júri formado por Stephen Hopkins, Sergio Sá Leitão, José Padilha, Tadeu Jungle e Breno Silveira.
Com o tema "Diversidade e Inclusão", o festival propõe a realização de filmes com a temática que aborde o universo de pessoas com deficiência "e demais grupos até agora estigmatizados por sua 'diferença' em relação ao padrão hegemônico". Os vencedores receberão prêmios que vão de licenças de Windows Vista Ultimate até R$ 50 mil.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top