OUTROS DESTAQUES
Valor adicionado
Playphone alcança 1,3 milhão de assinantes no Brasil
quarta-feira, 02 de dezembro de 2009 , 15h16 | POR FERNANDO PAIVA

Após dois anos de sua entrada no mercado brasileiro, a norte-americana Playphone possui atualmente 1,3 milhão de assinantes no País. A empresa atua como agregadora de conteúdo móvel e vende através de seu portal próprio uma assinatura semanal de serviços de valor adicionado (SVA), modelo que tem ganho força no Brasil nos últimos anos. Para o fim de 2010 a meta é quase dobrar essa base de assinantes, alcançando 2,5 milhões de usuários.
Para atingir esse patamar, a Playphone tem investido pesado em marketing e propaganda. A companhia gasta em média R$ 700 mil por mês em publicidade, de acordo com seu gerente geral para América Latina, Renato Marcondes. "Só em outubro fizemos 2 mil spots para promover o game Guitar Hero, da Activision, em emissoras como SBT, MTV, dentre outras", exemplifica o executivo. Em 2010 a previsão é elevar para R$ 800 mil esse gasto mensal.
Os assinantes da Playphone pagam R$ 4,99 por semana e ganham créditos para realizar três downloads de games e ringtones. Os créditos são cumulativos, ou seja, não expiram ao fim da semana.
Expansão
A Playphone pretende expandir sua atuação para outros países da América Latina. Argentina e México são os próximos alvos, afirma Marcondes. Além disso, a empresa tem planos de no ano que vem começar a participar de RFPs de operadoras para a gestão de conteúdos "white label".
Quanto à expansão do portfólio, a Playphone deve lançar em dezembro um serviço de assinatura de notícias por SMS que também dará direito a alguns downloads de conteúdos extras. A expectativa é conquistar 500 mil assinantes desse novo pacote até o fim de 2010.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top