OUTROS DESTAQUES
Embratel consegue refinanciar sua dívida, mas mercado não se anima
quarta-feira, 03 de abril de 2002 , 22h49 | POR REDAÇÃO

Em vez de subir, as cotações de Embratel caíram nesta quarta-feira, 3, após o anúncio de que a holding conseguiu concluir a maior parte do refinanciamento de sua dívida de curto prazo. O papel mais negociado, EBTP4, fechou cotado a R$ 7,40 com queda de 0,13 %, depois de ter subido quase 1%. Neste ano, a empresa precisava de cerca de US$ 300 milhões para pagar juros e amortizar as dívidas. A dívida líquida (endividamento menos caixa) da Embratel era de R$ 3,1 bilhões em dezembro do ano passado. No comunicado que enviou à Bolsa de Valores de São Paulo, a maior parte do programa é composta por um empréstimo sindicalizado de US$ 270 milhões, US$ 240 milhões dos quais já estão nas mãos da Embratel e o restante, a caminho. Além disso, a empresa espera obter US$ 35 milhões em financiamento de fornecedores para a compra de equipamentos importados. No mesmo comunicado, a Embratel informou que encerrou o primeiro trimestre do ano com caixa de R$ 662 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top