OUTROS DESTAQUES
Operadora falida paga os handsets
quarta-feira, 03 de maio de 2000 , 22h59 | POR REDAÇÃO

O presidente da Globalstar do Brasil, Pedro Maisonnave, explica que o investimento de sua operadora na troca dos sistemas foi muito baixo. "A Inepar, responsável pelas vendas do Iridium no Brasil, comprou – a um preço mais baixo que o usual – os handsets necessários para efetuar a troca. Nós entramos apenas com os custos de logística e a taxa de adesão, que não será cobrada do cliente e que estava na casa dos R$ 140", disse ele. Segundo o executivo, alguns clientes já estão efetuando a troca dos aparelhos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top