OUTROS DESTAQUES
Um ano depois, ineficiência da Embratel sai por R$ 55,7 milhões
segunda-feira, 03 de julho de 2000 , 20h33 | POR REDAÇÃO

A Anatel resolveu multar a Embratel, um ano depois, por incapacidade de fazer de forma tranqüila a mudança que instituiu a seleção de código de prestadora nas chamadas de longa distância. Em 4 de julho de 1999 todos os brasileiros passaram a selecionar o código da operadora antes de fazerem as chamadas de longa distância. A multa da Embratel, pelos problemas com as chamadas nacionais, foi de R$ 35,521 milhões. Pelos problemas nas chamadas internacionais, a multa foi de R$ 20,221 milhões. A Embratel só pode recorrer à Justiça, já que o Conselho Diretor da agência já negou todos os recursos possíveis, e o pagamento precisa ser feito em 30 dias. Só a Embratel foi multada. A Telefônica recebeu uma advertência por ter permitido a coexistência das duas formas de fazer chamadas de longa distância.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top