OUTROS DESTAQUES
Competição
Embratel tenta suspender autorização de LDN da Telefônica
quarta-feira, 03 de julho de 2002 , 12h55 | POR REDAÇÃO

A Embratel entrou no fim da tarde de ontem, dia 2, com uma medida cautelar pedindo a vedação dos efeitos da autorização concedida pela Anatel para que a Telefônica pudesse começar a prestar o serviço de longa distância nacional (LDN). O recurso foi distribuído por dependência para a 15ª Vara Cível de São Paulo, para ser julgado pela juíza Luciana da Costa Aguiar, a mesma que concedeu a primeira liminar do processo que aguarda julgamento pela 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3). A juíza já adiantou que só analisará o pedido de cautelar na tarde de amanhã. Anatel e Telefônica aguardam ainda o julgamento do pedido de suspensão de segurança da liminar, solicitada no dia 4 de junho pela agência ao presidente do TRF3, Márcio José de Moraes, que ainda não emitiu parecer. Ainda existe, portanto, a possibilidade de a liminar cair antes do julgamento pela 3ª turma do TRF3 se a posição do presidente do tribunal for favorável à tele e à agência. A operação de LDN da Telefônica teve início hoje.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top