OUTROS DESTAQUES
Portugal Telecom
Valério foi a Portugal quando Dantas negociava Telemig
quarta-feira, 03 de agosto de 2005 , 21h28 | POR REDAÇÃO

Fonte da Portugal Telecom conta a este noticiário que o grupo (por meio da Vivo) negociou de forma exaustiva a compra da Telemig Celular diretamente com Daniel Dantas, do Opportunity, no final do ano passado. Dantas e o grupo PT teriam assinado, inclusive, uma carta de intenção (MOU) para a realização do negócio. O entrave, segundo essa fonte, teria sido o Citibank, sócio da Telemig Celular. A data não coincide com o período do final de janeiro, em que o deputado federal Roberto Jefferson diz ter ocorrido uma reunião entre Marcos Valério, empresário envolvido no mensalão, e Edson Palmieri, tesoureiro do PTB, para supostamente conseguir da Portugal Telecom recursos para o financiamento do partido, seguindo ordens do governo. Valério, por sua vez, diz ter ido a Portugal tratar de seus interesses como representante da agência de publicidade da Telemig Celular. As empresas de telefonia que estavam sob o controle de Daniel Dantas eram os maiores clientes privados das agências de Marcos Valério utilizadas para repassar dinheiro a políticos.
Fontes próximas às negociações entre Telemig e Opportunity dizem que o Citibank vetou o negócio, porque as engenharias societárias propostas por Dantas não contemplavam os direitos dos minoritários. E os fundos de pensão, também sócios na Telemig, ficariam sem opção de saída. Teria ficado claro que enquanto Dantas e o Opportunity estivessem à frente do processo, o Citi não faria qualquer negócio.
Em comunicado público, a Portugal Telecom admite que manteve contatos com Marcos Valério, ?que nos procurou no contexto da Portugal Telecom estar potencialmente interessada na aquisição da Telemig?. A empresa nega ?de forma categórica e veemente que tenha mantido reuniões ou qualquer tipo de contato com os senhores Marcos Valério de Souza e Emerson Palmieri nos dias 24, 25 e 26 de janeiro de 2005, em Lisboa?. A empresa assegura que ?jamais participou de qualquer encontro com o objetivo de discutir ou negociar operações que envolvessem o financiamento de partidos políticos brasileiros?, e confirma duas reuniões de caráter institucional com o presidente Lula.

Sem comentário

Fonte altamente qualificada disse a TELETIME News que, no momento em que fez uma proposta para a compra da Telemig Celular, a Portugal Telecom teria recebido do Opportunity um pedido pouco ortodoxo: um prêmio de US$ 300 milhões a ser pago por fora para que a operação se concretizasse. A Portugal Telecom diz que não comenta rumores de mercado. Em Nova York, onde corre um processo do Citibank contra Dantas, o Opportunity chegou a acusar o banco norte-americano de ter recusado uma oferta de R$ 5,2 bilhões feita pela Vivo pela participação do Citi e do Opportunity na Telemig Celular. Em fevereiro deste ano, o Opportunity resolveu leiloar as ações do Citibank e as suas próprias ações na Telemig e Amazônia Celular. O fez, contudo, à revelia do banco norte-americano, que decidiu então romper definitivamente o relacionamento com Dantas e processá-lo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top