OUTROS DESTAQUES
De quem partiu a posição intransigente?
segunda-feira, 03 de setembro de 2001 , 20h29 | POR REDAÇÃO

A Intelig parece ter uma posição radical ao se recusar a negociar com a Telefônica. Porém, segundo Rivière, quem vem se negando sistematicamente sentar-se à mesa seria a Telefônica. "Eles nos comunicam suas propostas através da imprensa. No último documento, no qual os preços são detalhados, não é dada margem à negociação", criticou o diretor da Intelig. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Telefônica negou que estaria se recusando a negociar e informou estar realizando reuniões para discutir mudanças na proposta de bitstream com todas as empresas que manifestaram interesse nesse sentido – e a Intelig não foi uma delas.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top