OUTROS DESTAQUES
Valor adicionado
Nortel fornecerá rede GPRS da Claro
sexta-feira, 03 de outubro de 2003 , 16h10 | POR REDAÇÃO

A Nortel Networks foi escolhida para fornecer a rede GPRS (quer permite velocidades entre 40 kbps e 56 kbps) da Claro em toda a sua infra-estrutura GSM no País. A empresa também participará da implantação do GPRS no overlay da rede TDMA da Claro, nas operadoras Americel, ATL, BCP Nordeste e São Paulo, Telet e Tess. Este é o primeiro contrato de fornecimento de GPRS da Nortel no Brasil. Com isso, a Claro poderá oferecer serviços baseados em internet móvel como multimedia message (MMS), já oferecidos pelos concorrentes Vivo, Oi e TIM.
O valor do contrato não foi divulgado pelas empresas. Segundo o vice-presidente de wireless da Nortel, Alberto Barriento, a previsão é que o GPRS entre em operação até o final deste ano. Entretanto, o executivo não quis comentar quando e em que regiões do País a rede GPRS começará a ser instalada.

Evolução

Barriento diz que a plataforma GPRS estará pronta para evoluir para o EDGE (mais de 200 kbps) e, futuramente, para o UMTS (3G). ?Tudo o que estamos instalando será compatível com o UMTS?, afirma. O vice-presidente da Nortel diz que é o mesmo processo pelo qual está passando a AT&T Wireless, nos EUA. A Nortel foi a fornecedora da rede GPRS da AT&T Wireless em 2001 e agora a operadora está na segunda fase, migrando para o EDGE.
A Nortel mantém os centros de referência Wireless Internet Next Generation Center (WING) em Campinas (SP) dos três sistemas mundiais – GPRS (GSM), CDMA2000 e UMTS. Os WINGs de GPRS e CDMA2000 estão disponíveis para os desenvolvedores de aplicativos e para as operadoras para o desenvolvimento de novos serviços de internet móvel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top