OUTROS DESTAQUES
Mercado
BNDES explica apoio à recompra de ações da Telemar
quarta-feira, 03 de outubro de 2007 , 20h00 | POR SAMUEL POSSEBON

O BNDES saiu em defesa da operação de recompra de ações preferenciais da Telemar. No último dia 28 de setembro, o chefe da secretaria executiva da presidência do banco estatal, Luciano Siani Pires, encaminhou ao deputado Celso Russomanno (PP/SP), presidente da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados, uma carta esclarecendo a participação do banco na operação. Ele diz que a BNDESPar, na qualidade de maior acionista da Telemar Participações, age motivada "por seu próprio interesse econômico". No ofício, o banco esclarece ainda que as garantias dadas à subscrição de R$ 1,25 bilhão em ações da Telemar Participações "em uma eventual oferta pública que vise o refinanciamento dos empréstimos feitos pela empresa na recompra de ações da Telemar somente serão aportados no caso em que a oferta de recompra de ações preferenciais tenha sucesso e a eventual oferta pública primária de ações visando o refinanciamento dos empréstimos não tenha adesão total dos investidores privados". Nesse caso, esclarece o BNDES, o aporte será função da adesão e poderá variar de zero a R$ 1,25 bilhão.
A Comissão de Fiscalização e Controle estava prestes a votar um requerimento de audiência com Luiz Eduardo Falco (presidente da tele) e Luciano Coutinho (presidente do BNDES), justamente para discutir o apoio do banco à operação, mas com os esclarecimentos, decidiu adiar a votação do requerimento para a próxima semana, depois de avaliar melhor a situação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top