OUTROS DESTAQUES
A depender de Demarco, teles brasileiras já podem estar sendo afetadas
quinta-feira, 04 de abril de 2002 , 21h33 | POR REDAÇÃO

Luiz Roberto Demarco, que ganhou na Justiça de Cayman e do Reino Unido o direito de pedir a dissolução do CVC/Opportunity Equity Partners Ltd, não fala sobre o assunto e nem diz se já pediu a dissolução do fundo ou não. Caso já tenha aberto o processo de dissolução, as ações do CVC/Opportunity Equity Partners LP podem estar sem validade. Isso porque a seção 98 da "Companies Law" diz textualmente que "a winding up of a company by the Court shall be deemed to commence at the time of the presentation of the petition for the winding up". Ou seja, para fins legais, basta que Demarco peça a dissolução para que os dispositivos da seção 156 sejam aplicadas. No limite, decisões que sejam tomadas pelos acionistas das teles brasileiras com base no poder de voto das companhias ligadas ao CVC/Opportunity Equity Partners LP podem não ser válidas. Resta ter certeza se Demarco pediu ou não a dissolução do fundo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top