OUTROS DESTAQUES
Serviço deve deslanchar com menos custo e mais propaganda
terça-feira, 04 de setembro de 2001 , 21h07 | POR REDAÇÃO

A vantagem do roaming internacional no Brasil não vem sendo explorada como grande atrativo de marketing, até porque os custos são altos e a demanda ainda é bastante baixa. Para se ter uma idéia de sua incipiência, uma operadora como a TCO, com cerca de 2,4 milhões de assinantes, fecha mensalmente em média apenas cem contratos de roaming automático para países das Américas e manual (com aluguel de aparelhos) para a Europa. Mas o analista de produto da operadora, Paulo Monte Serrat Neto, conta que a empresa pretende em breve dar mais ênfase ao serviço, ao mesmo tempo que os custos tendem a diminuir. Assim, a expectativa é de que o roaming internacional ganhe força como fonte geradora de receita.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top