OUTROS DESTAQUES
Conteúdos são caros e não deverão ficar mais baratos
quinta-feira, 04 de novembro de 1999 , 20h21 | POR REDAÇÃO

A consultora Anne Leer, ligada à Universidade de Oxford, defende a idéia de que é preciso se resolver claramente o problema dos conteúdos da informação a serem disponibilizados nas atuais e nas futuras redes de comunicação. Para Leer, o custo da produção de conteúdos impede uma maior e mais universalizada divulgação. "Até hoje não se descobriu um jeito eficiente de se cobrar por eles. Não é à toa que não são veiculados ainda na Internet os grandes conteúdos acumulados pela humanidade". Por esta razão, o desenvolvimento tecnológico apresenta questões relativas aos direitos autorais que precisam ser melhor discutidas. Anne Leer considera que num ambiente competitivo também deve haver colaboração para que, de alguma forma, os conteúdos possam se desenvolver: "As prateleiras da informação estão repletas de conteúdos que ainda não foram disponibilizados porque alguém terá que pagar por isso. É uma ilusão acreditar que os conteúdos serão veiculados gratuitamente".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top