OUTROS DESTAQUES
Perícia judicial
Concessionárias e Anatel escolhem técnicos para verificar metas da BrT
quinta-feira, 04 de dezembro de 2003 , 18h09 | POR REDAÇÃO

Enquanto a antecipação de metas da Brasil Telecom (BrT) vai para apreciação do Conselho Diretor da Anatel, prosseguem os preparativos para ser iniciada uma perícia judicial solicitada pela Embratel para averiguar se a concessionária cumpriu metas de universalização de dezembro de 2001. A última novidade no processo foi a escolha dos assistentes técnicos pelas partes envolvidas para acompanhar a perícia. A BrT indicou Alexander Castro, engenheiro eletrônico, e Jarbas Barsanti Ribeiro, qualificado como "perito judicial"; a Anatel, Rosa Maria Silvestre, gerente de acompanhamento e controle de obrigações de universalização; e a Embratel, Carlos Alberto Franco da Silva. Ao todo, foram escolhidas 15 localidades espalhadas por cinco estados na área de atuação da operadora local.
?Tenho certeza de que a perícia judicial encontrará as mesmas irregularidades que nossa equipe técnica verificou. Se a Justiça concluir que a BrT não cumpriu as metas, acredito que a Anatel possa anular a certificação que talvez venha a conceder à operadora em breve?, comentou o diretor jurídico regulatório da Embratel, Oscar Petersen.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top