OUTROS DESTAQUES
Valor adicionado
Takenet lançará SMS e MMS a cobrar
segunda-feira, 05 de fevereiro de 2007 , 17h03 | POR FERNANDO PAIVA

A Takenet desenvolveu um serviço de envio de mensagens de texto (SMS) e mensagens multimídia (MMS) a cobrar. A empresa já negocia o lançamento com diversas operadoras, o que deve acontecer em abril. Digitando 9090 antes do número do destinatário da mensagem, o usuário irá enviá-la ?a cobrar?. A mensagem passa antes pelo servidor da Takenet, que encaminha ao destinatário um SMS perguntando se ele aceita receber a mensagem a cobrar do número telefônico do emissor. Em caso positivo, a cobrança vem na conta do receptor e a receita é compartilhada com a Takenet. ?Ficamos com uma parte bem pequena. Queremos ganhar em cima do grande volume que será trafegado?, explica Marcelo Costa, diretor da Takenet. A idéia é que a mensagem a cobrar custe um pouco mais caro que o normal. O preço ainda está sendo negociado com as operadoras, mas deve girar em torno de R$ 0,40, no caso do SMS. A proposta é lançar com todas as teles celulares, para haver interoperabilidade do serviço.
A Takenet pretende explorar também a possibilidade de a mensagem ser paga por patrocinadores. Em troca, o cliente receberia um SMS com publicidade. A decisão ficaria a cargo do receptor a cada SMS a cobrar recebido. Para que o negócio faça sentido para os anunciantes, a ferramenta permite que a oferta de patrocínio seja feita apenas para mensagens que contenham determinadas palavras-chave, tal como se faz hoje em alguns sites da internet.
O usuário terá também a opção de enviar uma mensagem com a resposta paga. Ou seja: o emissor arca com o envio e já deixa paga a resposta que o destinatário lhe mandará. Para essa funcionalidade será usado o código 8080 antes do número telefônico.

Histórico

A Takenet lançou esse mesmo serviço no Chile, no fim do ano passado, com a Movistar. A expansão para as demais operadoras chilenas acontecerá em breve.
No Brasil, a Telemig e a Amazônia Celular já oferecem desde outubro passado um serviço de SMS a cobrar desenvolvido internamente por seus engenheiros e limitado aos assinantes das duas operadoras. Sua versão, contudo, não inclui mensagens multimídia e não tem as funcionalidades de ?resposta paga? e de ?SMS patrocinado?. O preço por mensagem é de R$ 0,44 na Telemig e R$ 0,41, na Amazônia Celular. No caso de mensagens enviadas de usuários de uma operadora para outra, o preço é de R$ 0,47. As empresas já ultrapassaram a marca de 100 mil mensagens a cobrar por mês. O número é considerado baixo e as duas operadoras pretendem divulgar mais o serviço.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top