OUTROS DESTAQUES
Telemig e Amazônia Celular
Globalvest reage para garantir assentos nos conselhos
sexta-feira, 05 de julho de 2002 , 16h59 | POR REDAÇÃO

A Globalvest entrou esta semana com um recurso administrativo na Anatel contra a ação cautelar assinada pelo superintendente de serviços privados da agência, Jarbas Valente, que cassa o voto dos representantes da empresa nos conselhos de administração da Telemig Celular Participações e da Tele Norte Celular Participações.
Além do recurso, a Globalvest encaminhou na quarta-feira passada, dia 3, um comunicado à Anatel esclarecendo que seus representantes nos conselhos agem de forma independente e que inexiste, portanto, qualquer acordo que os obrigue a votar junto com a TIW, como acusa o Opportunity.
Acerca da denúncia de que a Globalvest teria adquirido suas ações irregularmente no mercado, uma fonte ligada à empresa informou que a CVM arquivou o inquérito referente a essa acusação em março passado. ?Se houvesse algo de errado, teria se dado início a um processo?, concluiu a fonte.

Novos conselhos

Enquanto o recurso administrativo apresentado na Anatel não é julgado, a expectativa é de que o conselho de Telemig Celular Participações eleito durante conturbada Assembléia Geral Ordinária (AGO) em 29 de abril passado tome posse. Nesse novo conselho, que até então não assumira o poder por força de decisões judiciais, todos os 11 assentos pertencem à Telpart, sendo seis indicados pelo Opportunity e cinco, pelos fundos de pensão. ?É injusto que os acionistas minoritários, que detêm 49% das ações de Telemig Celular, Participações, não tenham direito a um assento sequer, enquanto Telpart, que detém 51% da companhia, indique 100% dos conselheiros?, protesta a fonte. A Globalvest representa acionistas minoritários donos de 24% das ações de Telemig Celular Participações e 12% das ações da Tele Norte Celular Participações.
Não há nenhum representante da TIW no grupo eleito no dia 29 de abril porque quem indica os conselheiros da Telpart é a sua controladora, Newtel, composta apenas pelo banco gestor e pelas fundações. Até então, a TIW vinha garantindo seu lugar no conselho por meio de ações judiciais.

Tele Norte

É esperado também que se convoque nos próximos dias uma Assembléia Geral Extraordinária (AGE) de Tele Norte Celular Participações para eleger um novo conselho. A AGO da empresa do dia 29 de abril passado, que aconteceria após a AGO de Telemig Celular Participações na mesma data, nem chegou a ser realizada por conta da disputa judicial. Nesta nova eleição, os 11 assentos devem ficar com a Telpart, sendo divididos entre Opportunity e fundos de pensão.
Vale lembrar que os representantes das fundações são obrigados, pelo acordo de acionistas da Newtel, a votar seguindo a indicação do banco gestor. Portanto, na prática, Telemig Celular Participações e Tele Norte Celular Participações ficarão sob o controle total do Opportunity, apesar do banco ser dono de apenas cerca de 14% das ações nas duas companhias.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top