OUTROS DESTAQUES
Estratégia
Spring Wireless levará Okto para o exterior
sexta-feira, 05 de setembro de 2008 , 18h12 | POR FERNANDO PAIVA

O principal objetivo da Spring Wireless ao comprar a Okto é abrir as portas do mundo para a integradora brasileira. Isso será feito a partir dos mercados onde a Spring Wireless já está. Ao todo, são 16 países, a maioria na América Latina, além de Rússia, EUA, Espanha, França e Bélgica. "Hoje, a Okto está apenas no Brasil. Existe uma oportunidade gigante para vender os serviços dela em outros países. Além disso, o portfólio de serviços da Okto casa bem com a oferta da Spring no mercado corporativo, especialmente mobile marketing", explicou o presidente da Spring Wireless, Marcelo Condé. Segundo o executivo, a atuação da Okto no exterior será similar àquela da integradora no Brasil: oferecendo os mesmos serviços e se relacionando diretamente com as operadoras locais. "A idéia é que a Okto trabalhe fortemente com as operadoras, com as agências de publicidade e com os clientes da Spring no exterior", disse Condé. O primeiro mercado internacional a ser explorado pela Okto deve ser o México, para onde alguns funcionários já foram enviados.
E a Spring não deve parar tão cedo de se expandir. O próximo alvo da companhia é a Ásia. A empresa tem planos de abrir escritórios na China e na Índia. Também está sendo estudada a possibilidade de fazer novas aquisições, mas agora o alvo seriam companhias no exterior, especialmente na Ásia. "Mas isso ainda está em uma fase embrionária", descreve Condé.

Faturamento

A Spring Wireless espera registrar um faturamento de US$ 100 milhões este ano. Enquanto isso, a Okto deve alcançar R$ 50 milhões. Juntas, adotando-se a cotação atual do dólar, as duas companhias devem obter uma receita de aproximadamente R$ 220 milhões em 2008. Para o ano que vem, a previsão de Condé é de que o faturamento cresça em torno de 60%. Ou seja: Spring Wireless e Okto devem alcançar juntas uma receita próxima a R$ 350 milhões.
O forte crescimento da receita da Okto nos últimos anos foi outro fator que atraiu a atenção da Spring Wireless. "A Okto é uma das poucas empresas no Brasil que vinha crescendo 100% ao ano. Seu histórico é super saudável", afirmou Condé.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top