OUTROS DESTAQUES
Mobile marketing
Stormy Mobile levará bluetooth para 500 pontos até dezembro
sexta-feira, 05 de outubro de 2007 , 15h23 | POR FERNANDO PAIVA

A utilização da tecnologia bluetooth para campanhas de mobile marketing no Brasil vem se disseminando aos poucos com o surgimento de empresas especializadas nesse tipo de solução. A mais nova é a Stormy Mobile, que planeja ter 500 pontos com equipamentos bluetooth espalhados pelo Brasil até dezembro. A empresa tem contrato com a Infraero para levar essa tecnologia para todos os aeroportos do País ? os equipamentos já estão instalados em Congonhas, Guarulhos, Santos Dumont e vários outros grandes aeroportos. Além disso, a Stormy vem firmando parcerias com empresas de mídia indoor. Uma delas é a Bus TV, responsável por telas de LCD instaladas em 150 ônibus que circulam em São Paulo. ?A idéia é que o uso de bluetooth venha sempre acompanhado por uma peça de mídia indoor?, explica o diretor executivo e um dos sócios fundadores da Stormy, Cristiano Kanashiro. A empresa nasceu há apenas dois meses e tem como meta registrar um faturamento de R$ 2 milhões em 2008.
Kanashiro calcula que atualmente 28% da base de celulares em serviço no Brasil tenham bluetooth. ?Esse percentual sobe para 90% se considerarmos o público em um aeroporto?, comenta o executivo. E a tendência é de forte crescimento: ele acredita que no ano que vem o número de celulares com bluetooth aumentará 200% no País. ?Hoje, de cada cinco celulares vendidos, três têm essa tecnologia?, afirma.
Em seu curto tempo de vida, a Stormy já participou de campanhas de mobile marketing de um grande banco e de uma grande empresa de energia. Uma cervejaria deve iniciar uma campanha com a Stormy até o final do ano em vários bares. Kanashiro estima que 70% dos anunciantes que usarão seus equipamentos bluetooth serão captados pelas empresas de mídia indoor parceiras. O restante virá através de agências de publicidade ou pelo trabalho do departamento comercial da própria Stormy.
O preço cobrado varia de acordo com a duração da campanha e com a localização do equipamento. ?Os preços são diferentes no check in, no embarque e no desembarque, por exemplo. No check in é mais caro porque lá o retorno às campanhas é maior?, explica Kanashiro. A Stormy também pretende oferecer soluções de bluetooth móvel, em que o equipamento é levado dentro de uma mochila por promotores da campanha de marketing.
Para evitar que uma pessoa receba a mesma mensagem mais de uma vez, a rede bluetooth da Stormy está conectada via GPRS. Dessa forma, o número de identificação de cada celular que recebe uma mensagem é enviado para uma plataforma, que impede outras máquinas da rede de dispararem a mesma campanha para aquele telefone.
No futuro, Kanashiro pretende criar o que chama de ?Bluetooth Zones?, similares às ?WiFi Zones?. Seriam áreas identificadas por um selo em que as pessoas ao ativarem o bluetooth de seus aparelhos poderiam receber não apenas campanhas publicitárias, mas notícias e informações úteis gratuitamente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top