OUTROS DESTAQUES
Celulares tendem a abandonar subsídios
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2002 , 21h54 | POR REDAÇÃO

De olho nas crise das empresas de telecomunicações norte-americanas, alto executivo de uma das maiores operadoras de telefonia móvel do Brasil disse acreditar que as companhias telefônicas no Brasil devem abandonar, "de forma duradoura", as campanhas promocionais com subsídios. Cita, em especial, a situação vivida pela Sprint PCS, que durante todo o terceiro trimestre do ano passado fez uma pesada incursão entre consumidores de baixa renda, sem exigir taxa inicial e sem fazer avaliação de crédito. Conseguiu atrair clientes da concorrência (sua base cresceu em 1,2 milhão de usuários em apenas três meses), mas seu caixa minguou e suas ações caíram nas bolsas. De 1º/09/01 até esta quarta-feira, 6, o papel caiu 59%.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top