OUTROS DESTAQUES
Mercado
Telefonia popular é sucesso no sertão cearense
segunda-feira, 06 de agosto de 2007 , 19h14 | POR HELTON POSSETI

Enquanto muitas empresas de telefonia móvel não têm cobertura em certas cidades alegando falta de retorno financeiro, o mercado da Local Telecom é justamente as cidades do sertão cearense, onde a renda per capita é de cerca de R$ 2 mil reais por ano. A empresa, subsidiária da norte-americana Ruralfone Inc, diz que é possível ganhar dinheiro nesse nicho de mercado, muitas vezes desprezado pelos grandes grupos. A Local Telecom tem licença de telefonia fixa, mas usa a tecnologia GSM em conjunto com o WLL de modo que o serviço fica restrito à cidade onde ele foi contratado. A Local Telecom iniciou suas atividades em 2004 com um investimento de US$ 4 milhões na cidade de Quixadá, que tem cerca de 30 mil habitantes. Hoje a empresa tem cerca de 3 mil assinantes na cidade o que, segundo Denis Coté, responsável pela operação brasileira, corresponde por cerca de 50% das linhas. A outra metade das linhas é da concessionária local, a Oi. ?A teledensidade aumentou 70% em dois anos aqui em Quixadá?, afirma ele.
Hoje, a empresa está presente em quatro cidades (Quixadá, Quixeramobim, Russas e Aracati) do sertão cearense, todas com o mesmo perfil: baixa densidade populacional e reduzida renda per capita. Apesar disso, a Local Telecom planeja expandir sua cobertura para mais dez cidades. ?A partir de 2010 vamos partir para cidades menores ainda, com 15 mil, 20 mil habitantes?, afirma Coté.
O executivo dá pistas da dimensão do mercado onde atua. ?A Telemar atende 16 Estados, no entanto, 61% das linhas estão no Rio de Janeiro e Minas Gerais. No Ceará 66% das linhas estão em Fortaleza e em Juazeiro do Norte?, afirma. Nos estudos de ampliação da cobertura da Local Telecom, Denis Coté identificou 400 cidades com o mesmo perfil de Quixadá.

Planos

A Local Telecom tem o plano ?Sem Controle?, que o usuário adquire o chip GSM por R$ 15 e paga uma tarifa flat de R$ 39 e pode falar à vontade em chamadas locais. Já o ?Local Popular? é um plano pré-pago em que o usuário paga uma taxa de habilitação de R$ 35, com R$ 10 de crédito incluído. Os cartões de recarga são de R$ 5, R$ 10 e R$15. A chamada de Local para Local custa R$ 0,20 o minuto; já a chamada de Local para outros telefones fixos R$ 0,40 e de Local para celular R$ 0,80. Chamadas de longa distância nacional e internacional são cobradas diretamente pela operadora escolhida. ?As pessoas compram de nós, porque somos os melhores. Se o cliente não fica satisfeito, devolvemos o dinheiro sem perguntas?, finaliza Coté.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top