OUTROS DESTAQUES
Banda larga
Embratel cria acesso à internet sem fio para a classe C
quarta-feira, 06 de agosto de 2008 , 18h25 | POR FERNANDO PAIVA

A Embratel encontrou na classe C um lucrativo nicho de mercado. Depois de direcionar para esse público o "Livre", seu serviço de telefonia fixa através da rede CDMA da antiga Vésper, a Embratel registrou um crescimento explosivo de sua base de assinantes: em quinze meses, o número de usuários do "Livre" mais que triplicou, passando de 500 mil para 1,7 milhão. Agora, a Embratel quer levar para a classe C uma opção de acesso à internet que seja uma alternativa barata e mais veloz ao acesso discado. Trata-se do "Livre.com", cujo lançamento oficial acontecerá em setembro.
O novo serviço oferece acesso em uma velocidade de até 156 kbps, através da rede 1xRTT da Embratel. O modem, no caso, é o próprio telefone, que deve ser conectado a um PC ou laptop através de um cabo USB. Os fornecedores dos terminais são Nokia e Huawei. O pacote com telefonia fixa e acesso à internet será vendido por R$ 39,90/mês.
O primeiro teste comercial aconteceu em julho, na capital paulista. Foi um grande sucesso, segundo o diretor de negócios residenciais da Embratel, Guilherme Zattar. "Em duas semanas comercializamos sete mil acessos. Tivemos que parar de vender para não comprometer a qualidade do serviço", explica o executivo. Em setembro, o "Livre.com" terá seu lançamento oficial em várias outras cidades da região 1, como Vitória, Belo Horizonte, Salvador e Recife. O Rio de Janeiro ficará para uma segunda etapa, porque a nova rede 1xRTT ainda não está pronta lá. Zattar não tem ainda uma estimativa de quantos assinantes o "Livre.com" terá no final do ano.
Segundo o diretor da Embratel, a oferta do "Livre.com" não atrapalha as vendas do "Net Fone via Embratel" ou do "Net Combo" porque os alvos são diferentes: o público da Net está principalmente nas classes A e B. De acordo com Zattar, o direcionamento do "Livre" para a classe C aconteceu depois de a empresa ter analisado o mercado e constatado que apenas 24 milhões de domicílios, de um total de 57 milhões no Brasil, tinham telefone fixo.
O "Livre" está presente hoje em 95 cidades do País. Sua rede é composta por aproximadamente 1 mil ERBs.
Vale lembrar que o Net Fone.com, oferecido pela operadora de TV a cabo, combina Internet e telefone pelo mesmo preço do produto da Embratel. Supõe-se que as operadoras não estejam brigando pelo mesmo cliente, já que a Embratel é acionista da Net.

Giro

O "Livre.com" não é o primeiro serviço de acesso à internet pela rede CDMA que a Embratel oferece. A operadora mantém ativo até hoje o "Giro", serviço criado pela Vésper em São Paulo que oferece banda larga através da tecnologia EV-DO. O "Livre.com", porém, usa a nova rede CDMA da Embratel, cuja instalação foi iniciada em 2007 com equipamentos da Nortel, em São Paulo, e da Huawei no resto do Sudeste e do Nordeste.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top