OUTROS DESTAQUES
Intragov
Governo paulista testa VoIP em rede privada
sexta-feira, 06 de setembro de 2002 , 19h31 | POR REDAÇÃO

O Governo do Estado de São Paulo testa serviços de voz sobre IP (VoIP) em sua rede Intragov (rede intranet baseada em frame relay da Telefônica), com objetivo de estender a tecnologia para todos as cerca de 20 mil unidades que compõe sua rede de atendimento. De acordo com Roberto Agune, coordenador do governo e gestão estratégica e sistema estratégico de informações do governo paulista, o link de voz sobre o protocolo Internet já foi instalado na Secretaria da Fazenda do Estado, faltando agora a regularização deste serviço pela Anatel para sua expansão.
A rede Intragov começou a ser instalada em novembro passado, após cerca de um ano de disputa na Justiça entre a Telefônica, vencedora da concorrência, e Embratel, que contestou o resultado. Na ocasião, a carrier alegou que a tele local praticaria dumping no uso de sua rede de acesso para poder oferecer preço mais baixo. Como a Justiça entendeu que a questão era alheia ao âmbito da concorrência, ou seja, ao Governo de São Paulo caberia apenas fazer a tomada de preço, não importando a prática adotada para se atingir tal custo, foi dado ganho de causa à Telefônica. A operadora de São Paulo ganhou a licitação ao custo de R$ 1,5 mil por mês para cada link, diz Agune.
A Telefônica já instalou 4 mil links para o Intragov, com a previsão de completar os 20 mil links em dois anos, no máximo. A prioridade está sendo dada à secretarias de estado, além dos órgão de segurança, saúde e educação, localizados na capital. A parte já instalada responde por 40% a 50% do tráfego de voz e dados do Governo de São Paulo, que consome mensalmente, em serviços de telecomunicações, de R$ 10 milhões a R$ 12 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top