OUTROS DESTAQUES
Justiça
TELETIME vence mais uma ação movida pelo Opportunity
terça-feira, 06 de novembro de 2007 , 20h38 | POR REDAÇÃO

A Editora Glasberg ACR S/A, que edita este noticiário, a revista TELETIME entre outras publicações, e os jornalistas Rubens Glasberg e Samuel Possebon, conquistaram mais uma vitória na Justiça em ação movida pelo Opportunity. Trata-se da quinta e mais recente ação movida pelo grupo de Daniel Dantas, sem obter qualquer decisão de mérito favorável, em qualquer instância.
Nesta última ação, iniciada em outubro de 2006, o Opportunity Fund acusava os réus de terem causado supostos danos morais em função de notícias sobre a condenação do grupo Opportunity, de Daniel Dantas e de sua irmã Verônica Dantas na mais alta instância da Justiça Britânica, o Privy Council, em Londres, em que foi validada decisão da Justiça de Cayman em que o Opportunity é acusado de fraudar documentos e alterar valores de cotas do Opportunity Fund. O Opportunity dizia ainda que a notícia poderia causar prejuízos ao processo de lançamento de ações da Santos Brasil S/A (empresa de Dantas que administra terminais do Porto de Santos e cujo processo de abertura de capital, em 2006, teve grande sucesso) e a outras questões do Opportunity junto à CVM.
Na decisão, a Juíza Aline de Almeida Figueiredo, da 37ª Vara Cível do Rio de Janeiro, diz que "a notícia publicada por TELETIME News teve caráter meramente informativo e não restou caracterizado qualquer tipo de ataque pessoal contra o autor, nem abuso do direito de informar". Diz ainda que os fatos noticiados "não foram equivocados" e que "a notícia objeto da lide não foi inverídica, nem acintosa, mas retrata fatos comprovadamente existentes". Dantas pedia direito de resposta e o recolhimento das notícias publicadas, além de pagamento de indenização por danos morais. Teve seu pedido negado e foi condenado ao pagamento das custas e honorários.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top